BLOG

O último ano trouxe à tona a importância do ensino híbrido na escola moderna


O último ano trouxe à tona a importância do ensino híbrido na escola moderna

Foram necessárias mudanças importantes na rotina escolar para percebermos o quanto a tecnologia tem a oferecer para nossa escolas e o pouco que aproveitamos

De repente precisávamos dar aulas de casa, aplicar e corrigir atividades remotamente, fazer lives e migrar tudo do papel para o digital. Era algo esperado, mas para muitos parecia distante, mesmo apesar de já termos recursos para o trabalho remoto, maduros e funcionais, disponíveis há pelo menos dez anos.

Para países que adotaram a tecnologia em sala há mais tempo, a transição, quando houve, foi sutil e rápida. No Brasil foi muito diferente: apesar da disponibilidade de tecnologia há mais de uma década (quando a primeira versão de nossa plataforma foi criada), sempre houve resistência a modernização do sistema de ensino, por questões políticas, operacionais, de infraestrutura e às vezes de vontade mesmo de aprender algo novo. Por estranho que pareça, o meio jurídico, conhecido por ser conservador e avesso a mudanças bruscas, já vem se modernizando há décadas e hoje está anos a frente do sistema educacional, que é por essência o berço da inovação e da busca por conhecimento.

Mas o ano de 2020 veio para tirar todos os fantasmas dos armários, e meio que à força, conduzir as mudanças que nosso sistema de ensino já devia ter adotado  há tempo.




Veja Também

Separamos outros artigos que podem te interessar



Gerencie, ensine e aprenda de forma inteligente e multissensorial

  Veja os Planos e Preços  
ou Experimente Grátis